Elevada adesão às urnas nas presidenciais iranianas

A primeira metade do dia em que o Irão elege um presidente ficou marcada por uma elevada participação, com longas filas para votar a formarem-se logo na abertura das urnas.

© Getty Images
Mundo Eleições

Cerca de 56 milhões de eleitores escolhem hoje um presidente para os próximos quatros anos, com o presidente cessante, o moderado Hassan Rohani, e o conservador Ebrahim Raissi como principais candidatos.

PUB

Segundo a agência EFE, longas filas para votar formaram-se desde as primeiras horas da manhã junto de muitas das assembleias de voto da capital, instaladas normalmente em escolas e locais religiosos.

O ato de votar demora algum tempo, uma vez que, segundo a agência France Presse, cada eleitor tem de escrever o nome e o código do candidato presidencial que apoia e os nomes e códigos de 21 membros do conselho municipal, concluindo o voto com uma impressão digital.

No caso da capital, Teerão, há 2.700 candidatos ao conselho municipal.

Os códigos estão afixados no exterior das assembleias de voto e alguns eleitores anotam-nos nos telemóveis para facilitar depois o preenchimento do boletim.

Ainda assim, as filas de espera nestas eleições parecem mais longas que as que se formaram nas legislativas de 2016, segundo a mesma agência.

Os eleitores conservadores são habitualmente mais participativos, pelo que uma elevada participação pode favorecer Rohani.

Se nenhum dos candidatos obtiver mais de 50% dos votos, os dois mais votados disputam uma segunda volta dentro de uma semana.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser