Meteorologia

  • 28 JULHO 2017
Tempo
26º
MIN 23º MÁX 28º

Edição

Polícia britânica diz-se "obrigada" a deter Assange se sair da embaixada

A polícia britânica disse hoje que o fundador da WikiLeaks Julian Assange será detido por um delito no Reino Unido se sair da embaixada equatoriana em Londres, apesar de a justiça sueca ter abandonado o processo contra ele.

Polícia britânica diz-se "obrigada" a deter Assange se sair da embaixada
Notícias ao Minuto

11:54 - 19/05/17 por Lusa

Mundo WikiLeaks

Num comunicado, a polícia indica que "Assange continua a ser procurado" por ter violado em 2012 as condições da sua liberdade condicional no Reino Unido e que "é obrigada a executar esse mandado" se ele abandonar a embaixada.

No entanto, tratando-se de "um delito menor, a polícia londrina utilizará meios proporcionais ao crime", adianta o comunicado.

Assange, 45 anos, está refugiado na embaixada do Equador em Londres há cerca de cinco anos para escapar ao mandado de detenção europeu emitido pela Suécia por presumível violação.

Argumenta tratar-se de uma manobra para conseguir a sua extradição para os Estados Unidos, onde pode ser processado pela publicação de documentos militares e diplomáticos confidenciais.

A procuradoria sueca anunciou hoje que abandona o processo por violação contra o fundador do WikiLeaks, que sempre negou as acusações feitas contra ele em agosto de 2010 por uma sueca de cerca de 30 anos.

Campo obrigatório