Meteorologia

  • 25 JUNHO 2017
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 20º

Edição

Suécia desiste de investigação contra fundador da WikiLeaks

Julian Assange está livre da acusação por parte da Suécia.

Suécia desiste de investigação contra fundador da WikiLeaks
Notícias ao Minuto

10:31 - 19/05/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo Julian Assange

A Suécia decidiu que desistirá da investigação por causa de uma alegada violação da autoria do fundador da WikiLeaks. O anúncio foi feito por parte da procuradoria do país e põe um ponto final num processo que dura há sete anos.

“A procuradora-geral decidiu hoje descontinuar a investigação preliminar que diz respeito à alegada violação de Julian Assange”, pode ler-se no comunicado das autoridades suecas divulgado pela agência Reuters.

O responsável pelo WikiLeaks evitava desde 2012 uma extradição para a Suécia onde estava em curso uma investigação sobre uma alegada violação que foi sempre negada.

Julian Assange está a residir na embaixada do Equador em Londres onde procurou asilo, o que permitiu que não fosse extraditado para a Suécia ou para os Estados Unidos, onde é acusado de ter violado a privacidade de ficheiros secretos do país sobre as guerras do Afeganistão e Iraque, divulgando-os no site WikiLeaks.

A reação de Julian Assange à notícia não tardou e o fundador do WikiLeaks partilhou uma fotografia no Twitter onde surge visivelmente sorridente. 

[Notícia atualizada às 10h44]

Campo obrigatório