Ministro da Justiça sul-coreano demite-se após escândalo de corrupção

O ministro interino da Justiça sul-coreano, Lee Chang-jae, apresentou hoje a demissão devido a uma investigação por alegada negligência no caso de corrupção que resultou no afastamento da ex-presidente Park Geun-hye.

© Getty Images
Mundo Investigação

Lee ocupava o cargo como interino desde novembro passado, quando o então ministro da Justiça Kim Hyun-woong se demitiu devido ao mesmo caso. O substituto aguardava que o novo Presidente, Moon Jae-in, anunciasse a formação da nova equipa governativa.

PUB

O anúncio de Lee chega um dia depois de começarem investigações a um responsável da Justiça, Ahn Tae-geun, que alegadamente recompensou com dinheiro os membros do Ministério Público depois de estes não terem detido o ex-secretário presidencial Woo Byung-woo durante a investigação ao caso.

Woo, ex-secretário presidencial dos Assuntos Civis, será julgado em breve por acusações de negligência, ao considerar-se que permitiu a interferência em assuntos de Estado de Choi Soon-sil, amiga íntima da ex-presidente Park.

No entanto, Woo é um dos poucos implicados no caso de corrupção que não se encontra em prisão preventiva, apesar de duas tentativas do Ministério Público para o deter.

O caso levou, em março, à destituição da Presidente Park, em prisão preventiva e à espera de julgamento por alegadamente criar uma rede de tráfico de influências juntamente com a amiga Choi. O caso obrigou às primeiras eleições presidenciais antecipadas na história da democracia da Coreia do Sul.

Foi o Presidente Moon Jae-in, que há dez dias assumiu o cargo, que ordenou uma investigação interna à Justiça e à Procuradoria-Geral devido a alegados subornos pagos por Ahn, que apresentou a demissão na quinta-feira.

No mesmo dia demitiu-se também Lee Young-ryeol, o responsável máximo do Ministério Público do distrito central de Seul, que liderou parte da investigação do caso de corrupção.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser