Turquia abre complexo para acolher órfãos sírios

Um complexo projetado para acolher 990 órfãos da guerra civil na Síria abriu hoje portas na região sul da Turquia, anunciou a Fundação de Ajuda Humanitária da Turquia (IHH).

© Getty Images
Mundo Refugiados

O projeto, que arrancou em julho de 2015 e foi desenvolvido pela IHH e por uma fundação do Qatar (RAF), é composto, entre outras áreas, por 55 casas (cada uma com 350 metros quadrados), três escolas, uma mesquita, uma clínica, espaços para atividades recreativas, um centro cultural e terrenos para cultivar.

PUB

"Uma das estruturas mais importantes do complexo é um centro de reabilitação idealizado para crianças que sofreram grandes traumas", indicou a fundação num comunicado, precisando que o complexo, situado em Reyhanli, perto da fronteira síria, será gerido por 400 funcionários.

A IHH afirmou que este é o maior complexo do mundo construído para órfãos de guerra.

Cerca de 2,9 milhões de refugiados sírios estão registados na Turquia, segundo os números do Ministério do Interior turco publicados em março. Na mesma altura, o governo de Ancara precisou que cerca de 1,3 milhões dos refugiados têm menos de 18 anos.

Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em março, mais de 2,3 milhões de crianças estavam identificadas como refugiadas na Turquia, Líbano, Jordânia, Egito e Iraque.

A ONU estima que pelo menos 320.000 pessoas morreram e milhões foram obrigadas a fugir desde o início do conflito armado na Síria, em março de 2011.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser