Meteorologia

  • 25 MAIO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Procuradoria quer guarda-redes condenado por homicídio de novo da prisão

A Procuradoria Geral brasileira solicitou hoje ao Supremo tribunal do país a anulação da libertação do antigo guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes, condenado em 2013 a 22 anos de prisão pelo homicídio de uma ex-namorada.

Procuradoria quer guarda-redes condenado por homicídio de novo da prisão
Notícias ao Minuto

19:02 - 20/04/17 por Lusa

Mundo Brasil

Bruno Fernandes, condenado pelos crimes de sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada Eliza Samudio, cumpriu apenas um terço da pena, aguardando em liberdade a decisão do recurso apresentado ao supremo tribunal.

O jogador de 32 anos, que representou o Flamengo entre 2006 e 2010, tinha entretanto assinado em março pelo clube Boa Esporte, da segunda divisão brasileira de futebol.

O recurso da procuradoria brasileira será analisado pelo Supremo a 25 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.