Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 4º MÁX 8º

Edição

Situação crítica em Alepo motiva reunião urgente do Conselho de Segurança

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) vai realizar uma reunião de urgência, na quarta-feira, sobre a situação crítica no leste da cidade síria de Alepo, por solicitação da França, informaram hoje fontes diplomatas.

Situação crítica em Alepo motiva reunião urgente do Conselho de Segurança
Notícias ao Minuto

00:02 - 29/11/16 por Lusa

Mundo Síria

Para o embaixador francês, François Delattre, "a França e os seus parceiros não podem permanecer silenciosos face ao que poderá ser um dos maiores massacres de civis desde a Segunda Guerra Mundial".

A reunião deve começar imediatamente depois de uma sessão do Conselho de Segurança consagrada à adoção de uma resolução que reforça as sanções contra a Coreia do Norte, que está prevista para as 19:00 locais (14:00 de Lisboa).

Os 15 embaixadores do Conselho vão ouvir um relatório sobre a situação em Alepo apresentado pelo responsável pelas situações humanitárias da ONU e pelo mediador da ONU para a Síria, Staffan de Mistura.

No leste de Alepo, milhares de civis fogem dos combates e dos bombardeamentos à medida que as forças do regime de Damasco avançam.

Cerca de 20 mil pessoas fugiram da cidade nas últimas 72 horas, anunciou o Comité Internacional da Cruz Vermelha.

O representante britânico na ONU, Matthew Rycroft, "exortou o regime sírio e a Rússia a parar os bombardeamentos e a deixar entrar a ajuda humanitária".

Face à "catástrofe humanitária" em Alepo, o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Marc Ayrault, tinha solicitado hoje ao Conselho que se reunisse "imediatamente" para "examinar a situação desta cidade mártir e os meios de ajudar a população".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório