Meteorologia

  • 25 JULHO 2017
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

NASA prevê o fim da atual civilização

O mundo tal como o conhecemos não vai durar mais que algumas décadas. Esta é a conclusão de um estudo patrocinado pela NASA que concluiu que a civilização industrial está a aproximar-se do fim devido à exploração não sustentável de recursos energéticos e à desigualdade económica e social.

NASA prevê o fim da atual civilização
Notícias ao Minuto

21:42 - 18/03/14 por Notícias Ao Minuto

Mundo Estudo

O estudo financiado pela NASA e divulgado esta semana pelo jornal britânico The Guardian assegura que a atual civilização industrial está condenada a desaparecer nas próximas décadas. Isto porque existe uma exploração não sustentável dos recursos energéticos, mas também porque há uma grande desigualdade na distribuição da riqueza.

O grupo de investigadores liderados pelo matemático Safa Motesharri estudaram os fatores que levaram ao declínio das antigas civilizações e concluíram que o “processo de progresso e declínio das civilizações é, na verdade, um ciclo recorrente ao longo da história”, cita o The Guardian.

Os investigadores estudaram a dinâmica homem-natureza das várias civilizações que desapareceram ao longo dos séculos e identificaram os fatores (população, clima, água, agricultura e energia) que melhor explicam o declínio civilizacional e que podem ajudar a determinar o risco do fim da atual civilização.

Estes fatores podem levar ao colapso civilizacional quando, ao convergirem, geram “uma exploração prolongada dos recursos energéticos”, o que tem influência no clima e no equilíbrio ecológico. Mas não só, a “a estratificação económica da sociedade em elites e massa” é outro dos problemas que contribuem para o fim de um ciclo.

Segundo os investigadores estes fenómenos sociais desempenharam, ao longo dos anos, um “papel central no processo do colapso civilizacional”, mas são também estes os fatores que vão levar a atual sociedade industrial ao fim.

Campo obrigatório