Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2017
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Óleo de sementes de papoila pode restaurar fertilidade em certas mulheres

A técnica centenária que ajudava a detetar problemas de infertilidade poderá resolvê-los.

Óleo de sementes de papoila pode restaurar fertilidade em certas mulheres
Notícias ao Minuto

11:10 - 19/05/17 por Vânia Marinho

Lifestyle Estudo

Uma técnica centenária que ajudava a detetar problemas de infertilidade em raio X, poderá, na verdade, recuperar a fertilidade de várias mulheres.

Segundo um estudo realizado pelo professor Bem Mol, a histerossalpingografia - um exame que serve para verificar a permeabilidade das trompas de falópio –, poderá ajudar a recuperar a fertilidade.

Entre 1917 e 1950 este exame, que consiste em encher as trompas de falópio para as analisar com contraste em raio X, era feito com óleo de sementes de papoila, mas agora esta substância foi substituida por outras à base de água e óleo.

No teste que fez com 1119 mulheres inférteis – numas foi injetada água nas trompas e noutras óleo de sementes de papoila - o professor da Universidade de Adelaide verificou que 40% das mulheres que receberam o óleo de sementes de papoila conseguiram engravidar de forma natural em seis meses, em comparação com 29% das que só receberam água nas trompas de falópio.

Como reporta o site New Scientist, este estudo destaca que o óleo de sementes de papoila pode ajudar a limpar qualquer muco ou bloqueios nas trompas de falópio, restaurando assim a fertilidade em várias mulheres cuja causa de infertilidade era esta.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório