Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar

Já as nossas mães e avós diziam (e com razão) que com a saúde não se brinca.

Lifestyle Saúde

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Fadiga e cansaço constante podem ser um sinal de pressão sanguínea elevada e níveis elevados de açúcar no sangue. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Novos sinais ou sinais que mudam de cor ou forma, pois podem indicar algum tipo de cancro de pele, sendo que os casos de melanomas em mulheres tem crescido consideravelmente entre os 25 e os 29 anos. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Dor durante o sexo, que pode ser causada por rotura de um quisto nos ovários, alergia ao látex, secura vaginal, infeção ou endometriose. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Ardor quando urina, sinal de uma possível infeção ou de doença sexualmente transmissível. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Joelhos a estalar ou com uma ligeira dor, sinal de que se está a abusar nos saltos altos ou que a cartilagem começa a enfraquecer. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Mudanças ‘casuais’ na visão, que podem indicar que se passa demasiado tempo ao computador © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Oscilações entre sentimentos depressivos ou de ansiedade, que, quando se arrastam por semanas, podem mesmo dar origem a transtornos mentais graves. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Queda de cabelo, situação que acontece quando se carece de vitamina D, ferro ou outros nutrientes. © iStock

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Dor no peito e cansaço, dois sintomas que juntos fazem soar o alarme de ataque cardíaco precoce. © iStock

1 / 9
Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar -

Os sintomas mais ou menos inocentes que as mulheres não devem ignorar - Fadiga e cansaço constante podem ser um sinal de pressão sanguínea elevada e níveis elevados de açúcar no sangue. © iStock

1 / 9
© iStock

Não podemos passar a vida com medo nem tão pouco a fazer de médicos de nós mesmos, mas também não podemos passar a vida a desvalorizar algo que se arrasta há alguns dias, semanas ou meses, como também não devemos ignorar os sinais claros que o nosso próprio corpo dá.

PUB

Embora uma boa parte dos sintomas seja comum a um vasto leque de patologias – como a dor de cabeça, a náusea, o cansaço, etc. - a verdade é que não devem ser avaliados de forma individual, mas sim tendo em conta outros sinais que vão surgindo ou até mesmo olhando para o histórico familiar. Somente quando se tem uma maior consciência de como o corpo está a atuar é que é possível perceber que está na hora de visitar um médico e obter um diagnóstico correto.

No caso das mulheres, prestar atenção a determinados sintomas torna-se uma questão ainda mais pertinente, especialmente quando em causa pode estar o cancro dos ovários ou o lúpus. Mas existem outros e que se referem em particular a mulheres entre os 20 e os 30 anos, como aqueles que o site Bustle compilou e que pode ver nas imagens acima (importa ainda salientar que alguns desses sintomas podem também ser avaliados pelos homens).

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser