Auto-estradas são 5% mais baratas que estradas sem portagem

As viagens em auto-estradas são 5% mais baratas e 70% mais seguras, de acordo com um estudo da consultora de transportes e mobilidade TIS, hoje citado pelo Diário Económico (DE). Segundo o Diário de Notícias, viajar de Lisboa ao Porto na A1 custa o mesmo que na estrada nacional.

© DR
Economia Estudo

O custo das viagens nas auto-estradas é 5% mais económico do que nas estradas alternativas em que não se paga portagem para os mesmos percursos. A conclusão é de um estudo consultora de transportes e mobilidade TIS, divulgado ontem e citado hoje pelo DE. Além disso, viajar em auto-estradas é também 70% mais seguro.

PUB

“Nos últimos anos temos assistido a uma regressão da procura das auto-estradas em Portugal e essa regressão resulta da recessão económica, mas também de desconhecimento e de má informação sobre as auto-estradas. E foi isso que nos levou a encomendar este estudo”, adiantou José Braga, presidente da APCAP – Associação Portuguesa de Concessionárias de Auto-estradas e Pontes com Portagens, que encomendou o estudo à TIS.

De acordo com a análise efectuada em dez percursos seleccionados, a variável do tempo de viagem permitirá poupanças de cerca de 50% em relação às alternativas de estradas sem portagens.

O DN aponta por seu turno, citando o mesmo estudo, que a viagem Lisboa-Porto na A1 custa 77,75 euros, praticamente o mesmo que na estrada nacional (78,09 euros), já com portagens e combustível. Pela auto-estrada, os condutores poupam metade do tempo e seis euros em combustível. 

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser