Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Governo tenta barrar aumentos no pagamento de horas extra

O Executivo está a estudar a possibilidade de suspender a entrada em vigor das regras sobre horas extraordinárias, contempladas nas convenções coletivas, para que os seus valores não sofram um aumento substancial, a partir de agosto, conta o Jornal de Negócios.

Governo tenta barrar aumentos no pagamento de horas extra
Notícias ao Minuto

08:15 - 07/03/14 por Notícias Ao Minuto 

Economia Convenções coletivas

Findos os dois anos de suspensão das regras das convenções coletivas em matéria de horas suplementares, exigidos pelo Tribunal Constitucional, caem por terra alguns dos cortes criados pelo Governo.

A partir de agosto, e se nada for alterado, as horas extraordinárias passarão a ser pagas a valores bem mais elevados do que os atuais.

Para evitar que tal aconteça, conta o Jornal de Negócios, o Executivo está a averiguar a possibilidade de suspender as normas das convenções coletivas, algo que poderá também ter efeitos nos dias de férias.

Segundo noticiou ontem a TSF, o pacote de propostas pode mesmo vir a ser apresentado na próxima reunião de concertação social.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório