Meteorologia

  • 25 MAIO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Merkel quer descer impostos e aumentar salários na Alemanha

A chanceler alemã Angela Merkel defende que a Alemanha tem de estimular a procura interna e apelou aos partidos da oposição para pararem de bloquear as propostas de cortes nos impostos na câmara alta do Parlamento.

Merkel quer descer impostos e aumentar salários na Alemanha
Notícias ao Minuto

15:10 - 17/10/12 por Eudora Ribeiro

Economia Alemanha

Angela Merkel defendeu esta terça-feira que a Alemanha deve descer os impostos para estimular a procura interna. Isto numa altura em que os países da periferia do euro, como Portugal, Grécia e Espanha aplicam fortes medidas de austeridade no sentido inverso, com um aumento acentuado da carga fiscal.

A chanceler alemã disse ontem aos maiores empresários alemães que a progressão automática dos trabalhadores para escalões de impostos mais elevados deve acabar e também renovou os apelos a que existam cortes nas contribuições para a reforma como outra forma de estimular o poder de compra entre os alemães.

“O crescimento na Alemanha pode ser estimulado nesta altura com um aumento na procura doméstica mais do que através de qualquer outra coisa”, afirmou Merkel, citada pela Reuters.

As declarações da chanceler surgem numa altura em que a Alemanha está sob pressões crescentes para aumentar a procura interna, numa tentativa de aliviar a pressão sobre os países da periferia da zona euro, que estão no centro da crise de dívida.

A governante alemã também encorajou as empresas alemãs a aumentaram os salários dos seus trabalhadores este ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.