Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2017
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 23º

Edição

Cooperativa de apicultores celebra 25 anos e exporta mel

A Lousamel reúne 350 apicultores de vários concelhos e exporta mel DOP Serra da Lousã para a Alemanha, além de fornecer as lojas da rede da Sonae.

Cooperativa de apicultores celebra 25 anos e exporta mel
Notícias ao Minuto

07:00 - 09/11/13 por Lusa

Economia Serra da Lousã

A Cooperativa Agrícola de Apicultores da Lousã e Concelhos Limítrofes, a Lousamel está a comemorar 25 anos, sendo responsável pela gestão da Denominação de Origem Controlada (DOP) que abrange dez municípios dos distritos de Coimbra e Leiria.

"Foram 25 anos de muito trabalho e dedicação aos apicultores", afirma à agência Lusa o presidente da cooperativa, António Carvalho.

Em 1996, foi atribuída a "menção honrosa DOP" ao mel produzido por colmeias que laboram na Serra da Lousã.

Cabe à Lousamel divulgar e promover a DOP junto dos produtores e dos consumidores, estando a certificação confiada a uma empresa.

A criação da DOP gerou "um movimento de apoio à cooperativa", que resultou "num aumento substancial dos pedidos" de certificação e ainda do número de sócios e da produção.

Nestes 25 anos, "fizemos um trabalho sério e honesto, sempre com o pensamento de fazer cada vez melhor na questão da DOP", sublinha.

"O consumidor fica um pouco mais descansado quando compra produtos certificados", enfatiza António Carvalho.

Após a criação da DOP, "mais que triplicou o número de associados" da Lousamel, que dispõe de uma moderna central meleira, onde recebe a produção dos apicultores.

O enchimento e a rotulagem dos frascos também são realizados nas instalações, na Lousã.

Há um ano, a Lousamel firmou com a Soane um contrato para abastecimento da sua rede de supermercados, mas já antes vendia mel para algumas lojas do grupo.

Tem vindo a exportar "algumas pequenas quantidades" para Angola e Noruega.

Para a Alemanha, envia "quantidade mais substancial" de mel a granel, contando também nesse país com "um cliente que compra mel enfrascado", refere António Carvalho.

A Lousamel tem exportado 10 a 15 toneladas de mel por ano para a Alemanha, o que faz em cooperação com outros produtores.

A última safra de mel DOP Serra da Lousã sofreu uma quebra de 40% devido às condições climatéricas.

A cooperativa recolheu "na ordem das 20 toneladas, o que é muito pouco", na ótica do dirigente.

Pela sua qualidade, o mel da região, em cuja flora melífera predominam urzes e castanheiros, "tem facilidade de entrar em qualquer país" da União Europeia.

Mas, não sendo ano de excedentes, "está primeiro o país", preconiza o presidente da Lousamel.

A diretora executiva tem a mesma posição: "Temos de promover o que é nosso primeiro cá dentro", afirma a engenheira Ana Paula Sançana.

"Enquanto não formos autossuficientes na nossa produção, não faz sentido privarmos o mercado nacional daquilo que realmente é bom", defende.

O mel DOP Serra da Lousã é produzido nos concelhos de Arganil, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penela e Vila Nova de Poiares.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório