Meteorologia

  • 27 JUNHO 2017
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Fotografia portuguesas em exposição a partir de hoje na Culturgest

Duas das principais obras do artista plástico Alberto Carneiro, falecido em abril, foram incluídas numa exposição coletiva que inaugura hoje, na Culturgest, em Lisboa, sobre o uso crítico e conceptual da fotografia por artistas visuais em Portugal.

Fotografia portuguesas em exposição a partir de hoje na Culturgest
Notícias ao Minuto

07:40 - 19/05/17 por Lusa

Cultura Galeria

"O Fotógrafo Acidental: serialismo e experimentação em Portugal, 1968-1980" é hoje inaugurada às 22:00, com curadoria de Delfim Sardo, que substituiu Miguel Wandschneider como curador das artes plásticas na Culturgest.

A exposição apresenta obras de Alberto Carneiro, Ângelo de Sousa, Ernesto de Sousa, Fernando Calhau, Helena Almeida, Jorge Molder, José Barrias, Julião Sarmento e Vítor Pomar.

Nesta exposição destacam-se duas das obras mais marcantes de Alberto Carneiro, raramente vistas em conjunto: "O Canavial: Memória metamorfose de um corpo ausente", de 1968, e "Uma Floresta para os teus sonhos", de 1970, esta última cedida pela Fundação Calouste Gulbenkian.

As duas obras são apontadas como exemplo do pioneirismo de Alberto Carneiro, no uso do conceito de arte, ao transportar elementos da natureza para o espaço de exposição.

Cobrindo um período atravessado pela Revolução do 25 de Abril de 1974, a exposição na Culturgest revela as importantes transformações da arte portuguesa num contexto de difícil inscrição cultural das propostas dos artistas.

Em simultâneo, será inaugurada na Culturgest outra exposição com obras da coleção da Caixa Geral de Depósitos, no mesmo período, mas com diferentes suportes, ficando também patente até 03 de setembro.

Campo obrigatório