Costa assinala Dia dos Museus com visitas à Cordoaria Nacional

O primeiro-ministro, António Costa, assinalou hoje o Dia dos Museus com demoradas visitas a duas exposições que se encontram patentes na Cordoaria Nacional, primeiro a 'Serralves em Lisboa' e depois a 'ARCO Lisboa'.

© Global Imagens
Cultura Primeiro-ministro

Nas duas visitas, ao longo de quase duas horas, o líder do executivo recusou-se a falar com os jornalistas sobre política nacional e concentrou antes a sua atenção na observação destas duas exposições temporárias, a da Fundação Serralves proveniente do Porto e a ARCO com sede em Madrid.

PUB

Na exposição 'Olhar do artista, Serralves em Lisboa', que estará patente até dia 6 de agosto, António Costa esteve acompanhado pelo presidente da Câmara, Fernando Medina, cuja autarquia apoiou esta mostra com uma verba de 170 mil euros, além da cedência do espaço na Cordoaria Nacional.

Além de Fernando Medina, o primeiro-ministro encontrou-se também com antigos dirigentes de outros partidos, casos do social-democrata Pacheco Pereira (administrador da Fundação Serralves) e o ex-ministro do CDS-PP Pires de Lima (curador da Fundação Serralves).

Marcaram ainda presença o secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, a presidente executiva da Fundação Serralves, Ana Pinho, e o presidente do Conselho de Fundadores desta instituição, Luís Braga da Cruz.

A seguir, António Costa deslocou-se a pé para a segunda exposição, a Arco Lisboa, onde conversou com diversos galeristas.

A Arco Lisboa, também instalada na Cordoaria Nacional, tem 50 galerias, das quais 23 portuguesas e 27 estrangeiras.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser