Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Portuguesa mostra 'O sofrimento humano em tempos de crise' lá fora

A galeria de arte Debut Contemporary, em Londres, inaugurou no início deste mês uma exposição associada aos tempos que vivemos: ?O sofrimento humano em tempos de crise?, que conta com a participação de 30 artistas, entre os quais a portuguesa Mara Alves. O êxito desta iniciativa é tal que tudo aponta para que se torne uma exposição itinerante por vários países, inclusive Portugal.

Portuguesa mostra em Londres 'O sofrimento humano em tempos de crise' - Barry Martin e Mara Alves

Notícias ao Minuto

13:26 - 20/10/14 por Ana Lemos

Cultura Exposição

A galeria de arte Debut Contemporary, em Londres, inaugurou no início deste mês uma exposição associada aos tempos que vivemos: ‘O sofrimento humano em tempos de crise’, que conta com a participação de 30 artistas, entre os quais a portuguesa Mara Alves. O êxito desta iniciativa é tal que tudo aponta para que se torne uma exposição itinerante por vários países, inclusive Portugal.

A exposição ‘O sofrimento humano em tempos de crise’, patente na galeria de arte Debut Contemporary, em Londres, desde o início deste mês, surge “da necessidade de a nossa consciência exigir uma reação”. Quem o diz é reconhecido artista britânico Barry Martin, curador da exposição, num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

“Esta proposta convidou todos os artistas [da Debut Contemporary] a criarem um trabalho em resposta às situações humanas que prevalecem em todo o mundo (...) de calamidade, de conflitos (...) e de negação da própria vida. Sugere-se que o trabalho se centre na condição humana, que as guerras e as políticas criam”, sustenta Barry Martin.

A exposição ficará patente até 30 de novembro e apresenta-se como uma oportunidade única de ver um vasto número de trabalhos de artistas da Debut Contemporary, realizados precisamente para esta iniciativa, entre os quais está o de uma artista portuguesa, Mara Alves, que ilustra, aliás, o convite da exposição.

“O sofrimento humano e o seu remédio podem criar uma imagem, um caminho a seguir, ainda que através de uma obra de arte. Talvez, nós, artistas, possamos expressar a nossa indignação, preocupação e criar obras de arte que nos dão espaço expressivo (...) não apenas para nós, mas para a consciência daqueles que os veem. É uma ‘ajuda à memória’ dos valores humanos da vida (...) que a civilização mundial aspira”.

“Quando o Barry [Martin] me apresentou a proposta, senti que tinha lido a minha mente. Eu queria muito fazer uma exibição especial, (...) algo mais profundo do que apenas a comercialidade do mundo da arte”, acrescenta Samir Ceric, fundador e CEO da Debut Contemporary.

O sucesso desta iniciativa tendo sido tal que a mostra ‘O sofrimento humano em tempos de crise’ vai tornar-se itinerante, nos próximos tempos, e passar por vários países, inclusive Portugal.

Refira-se que, a Debut Contemporary venceu recentemente o prestigiado ‘h.Club 100 Industry award’ sendo selecionada como uma das dez galerias mais influentes, visionária e pioneira do Reino Unido em arte e design, ao lado de nomes como ‘TATE’, ‘V & A’ e ‘Sociedade de Belas Artes’.

Veja aqui a inauguração da exposição.

Saiba mais sobre o trabalho de Mara Alves aqui.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório